ASSOCIAÇÃO DOS SINTOMAS DEPRESSIVOS E ANSIOSOS EM PACIENTES NEUROLÓGICOS ASSISTIDOS EM UM AMBULATÓRIO DE SALVADOR – BAHIA

Mozart Oliveira Carvalho, Danilo Rabelo, Matheus Cabral dos Santos, Wiliam Azevedo Dunningham

Resumo


A depressão acomete aproximadamente de 3 a 5% da população e tem como elementos mais visíveis o humor triste e o desânimo. Já a ansiedade é uma sensação de apreensão ou tensão que é acompanha por diversas manifestações clínicas tais como: dispneia, taquicardia, tremores. Quando a depressão e a ansiedade estão relacionadas aos transtornos neurológicos podem causar uma maior intensidade e duração dos quadros. Este estudo explorou a associação entre os sintomas depressivos ou ansiosos e presença de sintomas, diagnóstico e sequelas de lesões neurológicas. Tratou-se de um estudo de corte transversal com amostra de conveniência, realizado na Fundação de neurologia e Neurocirurgia em Salvador – BA. Foram entrevistados 131 pacientes e utilizou-se um questionário sociodemográfico e a escala HADS. Observou-se a media de idade dos pacientes de 47,27 ± 15,31 anos. Em relação aos dados neurológicos observou-se uma maior frequência de pacientes que tinham sintomas neurológicos (86,3%), como também, em paciente com diagnóstico neurológico (58,8%), porém a falta de sequela neurológica mostrou-se mais frequente (58%). Com relação ao sintoma de ansiedade, observou-se uma maior frequência no resultado Possível (43,5%). Já associados à depressão observou-se um resultado Improvável (58,8%). Comparando as médias idades com os possíveis diagnósticos ansiosos foi verificada uma media de (47,10); (45,91); (49,94) para os diagnósticos improvável, possível e provável respectivamente. Com relação aos diagnósticos depressivos encontramos as médias: (45); (48,54) e (54,8). Portanto, este estudo concluiu que ter sintomas, diagnóstico e sequelas neurológicas não está associado aos sintomas depressivos e ansiosos. Porem, não ter diagnóstico neurológico é importante para uma possível ansiedade. E quanto maior a média de idade do paciente, maiores são as chances de apresentar sintomas depressivos.


Palavras-chave


Depressão; Ansiedade; Escala HADS; Neuropatias

Texto completo:

XML PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


APOIO

 

 

Revista Brasileira de Neurologia e Psiquiatria. ISSN: 1414-0365