NOVAS VARIANTES PATOGÊNICAS EM PACIENTE COM MIOPATIA DO CERNE CENTRAL E SUSCEPTIBILIDADE À HIPERTERMIA MALIGNA

Sarah Franco Vieira de Oliveira Maciel, Kássia Kramer, Heloisa Malakovski, João Marcos Soares Miranda Cordeiro, Nyasmin Mendes Anéli, Mônica Dayane Lammers

Resumo


OBJETIVO: A Miopatia do Cerne Central e a susceptibilidade à hipertermia maligna são resultado de mutações no gene RYR1. Mais de 200 mutações diferentes no RYR1 foram relatadas e também estão associadas a outras condições, como a suscetibilidade à Hipertermia Maligna (MH). O relato de caso tem por objetivo demonstrar novas variantes patogênicas em um paciente com Miopatia do Cerne Central e susceptibilidade à Hipertermia Maligna, através de Pesquisa de prontuário e dados obtidos da mãe do paciente (responsável legal). DESCRIÇÃO DO CASO: O caso-índice é um caucasiano de sete anos de idade que apresentou hipotonia generalizada acentuada e não conseguiu atingir o marco motor. Não foi realizada biópsia muscular, mas o sequenciamento completo do exoma identificou três variantes no RYR1, duas herdadas em bloco da mãe e uma do pai: variante patogênica c.7373G> A (p.Arg2458His) no exon 46 (associada à HM), variante provavelmente patogênica c.7093G> A (p.Gly2365Arg) no exon 44 e variante de significado incerto c.13746 + 4C> G no intron 94, respectivamente. CONCLUSÃO: As variantes descritas de origem materna corroboraram o diagnóstico clínico de Miopatia do Cerne Central, de herança autossômica recessiva e manifestação heterozigótica. O paciente e sua mãe estão predispostos a episódios de hipertermia maligna. A falha no teste genético para detectar a segunda mutação, ou um efeito sinérgico das mutações em cis na proteína, podem explicar a correlação genótipo-fenótipo.


Palavras-chave


Miopatia do Cerne Central; Hipertermia Maligna; RYR1; Sequenciamento de Exoma

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


APOIO

Revista Brasileira de Neurologia e Psiquiatria. ISSN: 1414-0365