AVALIAÇÃO DOS DISTÚRBIOS DO SONO DE PACIENTES SUBMETIDOS À POLISSONOGRAFIA

Izabela Dos Santos Barbosa, Jose Carlos Souza, Paulo de Tarso Guerrero Muller, Paola Oliveira Cavalcante Brito, Caroline Torres Augusto, Isabella Azevedo Cardeliquio Cantarelli

Resumo


Objetivo: caracterizar os distúrbios do sono dos pacientes submetidos à polissonografia e identificar suas associações com variáveis epidemiológicas. Métodos: estudo transversal, observacional, conduzido com análise de dados dos prontuários de 101 pacientes submetidos a polissonografia no Laboratório de Medicina do Sono do HUMAP, Campo Grande - MS. Os dados utilizados foram os laudos da polissonografia e escalas padronizadas (escala de sonolência de Epworth e Questionário de Berlim). Resultados: O alto risco para Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) foi identificado em 83% dos avaliados. Quanto ao perfil polissonográfico, 77% foram diagnosticados com SAOS, sendo a maioria representada pelo sexo feminino. Dos pacientes com SAOS, 95,5% apresentava obesidade ou sobrepeso. A Sonolência Excessiva Diurna foi identificada em 51,2% dos pacientes com diagnóstico de SAOS. Conclusão: A prevalência de distúrbios do sono foi elevada, sendo que os pacientes com diagnóstico de SAOS, maioria sexo feminino, apresentaram com maior frequência SED, sobrepeso ou obesidade e Hipertensão Arterial Sistêmica, fatores de risco importantes para a síndrome respiratória.


Palavras-chave


Polissonografia; Transtornos do Sono-Vigília; Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


APOIO

Revista Brasileira de Neurologia e Psiquiatria. ISSN: 1414-0365