PARALISIA DO OLHAR HORIZONTAL COM ESCOLIOSE PROGRESSIVA: RELATO DE CASO

Marcelo José da Silva de Magalhães, Ernesto José Hoffmann, Jussara Martins Farnese

Resumo


Objetivo: escoliose progressiva com paralisia do olhar horizontal (EPPOH) é uma doença autossômica recessiva caracterizada pela ausência congênita do olhar horizontal, escoliose progressiva e falha na decussação de fibras motoras e sensitivas no bulbo. O objetivo desta revisão consiste na descrição de um relato de caso de um paciente com esta patologia. Descrição do caso: paciente do sexo masculino, 26 anos de idade, sem familiares com EPPOH. Seu exame neurológico não apresentava alterações pupilares. A movimentação vertical do olhar estava preservada e o movimento sacádico horizontal e de busca ausentes. O teste do reflexo vestíbulo-ocular não produzia movimento horizontal dos olhos. Durante a adolescência, o paciente cursou com escoliose progressiva e necessitou de artrodese para evitar a progressão da mesma. Conclusão: a EPPOH é uma síndrome rara e deve ser suspeitada quando qualquer paciente apresente paralisia do olhar horizontal e escoliose. 


Palavras-chave


Escoliose; Paralisia do olhar horizontal

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


APOIO

Revista Brasileira de Neurologia e Psiquiatria. ISSN: 1414-0365