PREVALÊNCIA DE SINTOMAS DE ANSIEDADE E DEPRESSÃO EM PACIENTES CARDIOPATAS ATENDIDOS EM UMA CLÍNICA-ESCOLA

Danilo Rabelo, Gustavo Barros, William Dunningham

Resumo


Objetivo: O presente estudo propõe estimar a prevalência de sintomas de depressão e ansiedade em pacientes cardiopatas atendidos em uma clínica-escola no município de Salvador-BA. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo de caráter transversal. A amostragem se deu por conviniência, sendo incluídos indivíduos maiores de 18 anos, com diagnóstico prévio de doença cardíaca. Os instrumentos de coleta foram a Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HADS) e um questionário sociodemográfico. Resultados: Dentre os 181 indivíduos estudados, 33.70% apresentaram algum grau de depressão enquanto 54.69% manifestaram sintomas de ansiedade. Há também uma prevalência relevante de ambas as condições em um mesmo sujeito, correspondente à 16.57% da amostra. Conclusão: Indivíduos cardiopatas apresentaram elevada prevalência de sintomas de ansiedade e depressão. Os transtornos de ansiedade foram semelhantes entre sexos, porém mais prevalentes em jovens, estudantes e solteiros; Enquanto os níveis de depressão foram mais expressivos em homens acima de 50 anos, aposentados e divorciados.


Palavras-chave


Ansiedade; Depressão; Cardiopatia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


APOIO

 

 

Revista Brasileira de Neurologia e Psiquiatria. ISSN: 1414-0365