O “CHUMBINHO” E OUTROS AGENTES TÓXICOS UTILIZADOS NA TENTATIVA DE SUICÍDIO NA CIDADE DO RECIFE

Maria Cláudia da Cruz Pires, Maria Cristina Falcão Raposo, Tatiana de Paula Santana da Silva, Marcela Pires dos Passos, Everton Botelho Sougey, Othon Coelho Bastos Filho

Resumo


Objetivo: verificar a associação entre a combinação de agentes tóxicos declarados na tentativa de suicídio. Metodologia: estudo descritivo e inferencial, envolvendo uma amostra de 110 pacientes com história de tentativa de suicídio. Resultados: O gênero feminino foi predominante (70%); idade média de 29 anos. 73% declararam etnia branca ou morena, mais da metade vivia sem convívio marital, 67,3% referiu ter religião e poucos anos de estudo. Os principais agentes utilizados foram medicamentos 50,9%, seguido de praguicidas 45,5%, sendo que 42,7% utilizaram mais de um agente. Houve associação entre a quantidade de agentes e a presença de episódio depressivo (p=0,049) e uso nocivo de bebidas alcoólicas (p=0,000). Conclusão: Os medicamentos e os praguicidas, com destaque para o “chumbinho” foram os mais utilizados na tentativa de suicídio por envenenamento. Foi comprovada associação significativa entre a quantidade de agentes utilizados e episódio depressivo e uso de bebidas alcoólicas.


Palavras-chave


Envenenamento; Tentativa de suicídio;Toxicidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


APOIO

Revista Brasileira de Neurologia e Psiquiatria. ISSN: 1414-0365