ASPECTOS BIOLÓGICOS E PSICOSSOCIAIS DA DEPRESSÃORELACIONADO AO GÊNERO FEMININO

MEM Coutinho, M Giovanini, LS Pavini, MT Ventura, RM Elias, LM Silva

Resumo


As pesquisas sobre á fisiologia da depressão vem crescendoprogressivamente e suas causas variam desde problemas nas sinapses nervosas até os tipos de neurotransmissores.Além da variação de sintomas, também há uma variação dos tratamentos, causas e até no impacto na vida de quem sofre dessa doença.  Observa-se que existem diferenças nos sintomas da doença, entre o homem e a mulher, em que notavelmente a mulher, devido às mudanças nos papéis sociais que hoje ela representa e ainda as variações de hormônios durante sua vida, á levam a apresentar sintomas mais acentuados que os homens. Esse estudo demonstra em valores quantitativos, que são as mulheres as mais acometidas pela doença,e em valores qualitativos, que os sintomas da depressão se apresentam mais acentuados no sexo feminino. Portanto, é importante um aprofundamento no estudo sobre a depressão, não para um dado social, mas para promover uma boa da qualidade de vida para as pessoas que sofrem com essa doençae para que se possa evitar que novos casos sejam somados aos já muitos existentes no Brasil.


Palavras-chave


Mulher e a depressão; Depressão relacionado a hormônios; Depressão pós-parto

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


APOIO

 

 

Revista Brasileira de Neurologia e Psiquiatria. ISSN: 1414-0365